transição veganismo

Transição para o Veganismo e Como Iniciar

Olá, pessu! Hoje quero compartilhar com vocês como foi a minha transição para o veganismo.  Além disso, quero responder três perguntas, são elas: Como iniciar no veganismo? O que cortar primeiro? Cortar de vez ou gradualmente? Continue lendo para conhecer a minha opinião. Então, vamos lá?

Como Iniciar no Veganismo?

Existem muitas formas de iniciar e também muitos motivos, mas acredito que uma das coisas mais importantes e potentes é buscar informações. Informações sobre nutrição, informações sobre o que acontece com os animais, assistir documentários, seguir pessoas que falam sobre o assunto.

Dessa forma você vai conseguir uma base sólida para seguir em frente, respeitando seus limites. Depois que você faz certas conexões entre os alimentos e o que acontece para eles chegarem até você, começa a ficar difícil continuar consumindo.

O que Cortar Primeiro?

Sobre o que cortar, se corta de uma vez ou aos poucos, também existem muitas possibilidades. Você pode encontrar histórias de pessoas que de um dia para o outro se tornaram veganas, pessoas que fizeram uma transição lenta, pessoas que ficaram ovolactovegetarianas por anos antes de seguir para o veganismo.

Além disso, existem até pessoas que são veganas desde que nasceram. Enfim, acho que o melhor caminho é o que funcionar melhor para você. Eu acho mais interessante ir substituindo gradualmente e conseguir seguir firme por toda a vida do que cortar tudo de uma vez e acabar recaindo.

Mas se for possível fazer a transição completa de forma rápida, ótimo, para muitos animais faria toda a diferença. Outra coisa que pode ajudar é trocar a ideia de cortar coisas pela ideia de introduzir alimentos para depois se tornarem substitutos. Em vez de pensar em cortar leite e ovo, pensar em introduzir o brócolis, couve, grão-de-bico, lentilha, e por aí vai.

Como Fiz Minha Transição para o Veganismo?

Quando eu e o Julio, meu noivo, começamos a namorar há +/- 5 anos, nenhum de nós comia muita carne. Eu ainda menos que o Julio, porque ele gostava muito de queijo, lanches, etc. Depois de um tempo decidi parar de comer carne vermelha, vaquinhas e porquinhos, e, como nós não demoramos para começar a morar juntos, geralmente o Julio comia o mesmo que eu.

Como o Julio não decidiu parar de comer carne vermelha, quando saiamos, ele ainda pegava opções que tinham essas carnes. Mas no geral seguimos comendo galinhas, peixes, ovos e leite. Em certo momento eu disse que iria parar de comer carne, e o Julio embarcou na dieta ovolactovegetariana comigo.

Ficamos nessa dieta por alguns meses e acho que foi nesse ponto que o Julio começou a pesquisar mais sobre o assunto e entender um pouco mais. Nossa transição foi aos poucos mesmo. Se tivéssemos buscado informações sobre, logo no início, acredito que o processo teria sido bem mais rápido.

Entrando em contato com as informações decidimos dar o passo que faltava para uma alimentação vegana e é onde estamos agora.

Conclusão

Em conclusão, acreditamos que o primeiro passo para o veganismo é o querer. Se você quer começar no veganismo, provavelmente você vai conseguir. O veganismo vai muito além da dieta vegana.  Existem muitos animais que vão te agradecer por você tomar essa decisão.

Pense nos animais e na natureza e considere esse estilo de vida. Se inscreva aqui no Blog para receber em primeira mão as postagens, é grátis, aproveite!

*texto escrito por Julio Machado, com adaptações de Andrielly Suzani. Meu Instagram: https://www.instagram.com/andriellysuzani

Aliás, veja também: Diferença entre Maquiagem Cruelty Free e Vegana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *